Nino Carvalho – Consultor e Professor

Internet e o mercado de Fitness e Bem-estar

05 de setembro de 2010

Nesse sábado participei do IHRSA 2010 (Edição América Latina), organizado pela Fitness Brasil e tido como o principal evento de Fitness e Bem-estar do planeta. Este ano, a edição da nossa região foi aqui no Brasil, em São Paulo. Fui convidado para dar uma palestra sobre o impacto da internet no mercado de Fitness (academias, fabricantes de equipamentos, profissionais de áreas afins, como Educação Física, Nutrição, Fisioterapia etc).

Achei interessante preparar a apresentação, pois nunca tinha estudado sobre esse segmento. Imaginava que os players de Fitness no Brasil (e em outros países, dentro ou fora da América Latina) estivessem mais avançados em termos de internet. Primeiro por que é provável que a maioria dos usuários de academia (e este é o segmento que mais dominava no evento) em regiões urbanas já use normalmente a internet. Em segundo, os adeptos das diversas áreas de fitness já formam comunidades naturalmente e isso facilita a utilização de, por exemplo, redes sociais para maximizar a interação e relacionamento entre os membros da comunidade.

Este mercado é novo e, talvez por isso, o uso de ferramentas online para marketing, comunicação e relacionamento ainda esteja engatinhando. No entanto, acho que em alguns casos basta procurar na própria internet por benchmarks e inspirações… Os sites de academias, por exemplo, são muito similares entre si, quase que versões online dos panfletos que recebemos ao visitar uma Academia Pelé ou ProForma… as instituições de ensino com foco em Fitness também são nada interessantes (e, neste caso, basta um pouco de paciência para pesquisar como universidades nos EUA ou Reino Unido têm usado a internet com seus públicos.

Naturalmente, sempre há um ou outro que, com muita criatividade, causa ótimo impacto positivo. O vídeo abaixo é um bom exemplo. Trata-se de uma academia norte-americana, a Leo’s Sport Club.

Os players que melhor têm aproveitado o potencial do mundo digital em suas estratégias são os sites de conteúdo. Nessa área, sem sombra de dúvidas, a Men’s Health e a Women’s Health dão banho e não tem concorrentes ameaçadores. Particularmente, ambas podem se orgulhar de como usam o Twitter: provendo informações úteis, interagindo com a comunidade e construindo ótima reputação. Ah! Vale dizer que as versões em inglês das mesmas publicações são igualmente maduras em internet.

Também gostei da dica de um dos estrategistas da minha equipe na InPress, o Alex Anunciato, que me apresentou à comunidade Sou Mulher e Amo Malhar (SMAM). A belíssima idealizadora da comunidade mandou bem aproveitando o interesse comum com centenas de outras mulheres e já está extrapolando os limites virtuais, com encontros presenciais e membros do grupo criando fortes laços de amizade.

Essa é a moral da história: foco em relacionamento e investimento em cultivar a comunidade. Se a empresa (pegue o exemplo de uma academia) foca em relacionamento honesto e visando a benefícios mútos em longo prazo, fica mais difícil pro cliente trocar de fornecedor. Não se trata só de pagar um pouco a menos, ou estar uma quadra mais perto de casa… a percepção de troca envolve se distanciar de um ambiente no qual a pessoa se sente bem, querida. Esse vínculo emocional só pode ser construído com tempo e investimento no relacionamento com o cliente. E, pra isso, não há opção melhor do que comunicação e marketing online.

A apresentação está disponível pra download no meu SlideShare. Os vídeos que utilizei na palestra também podem ser baixados aqui. A organização colocou fotos no Facebook da Fitness Brasil. Obrigado aos organizadores do evento e ao Tennyson Pinheiro, que indicou meu nome para o evento.

Receba novidades no seu email
Faça uma busca em nosso site
Nino Carvalho Consultoria e Capacitação
Avenida Engenheiro Sousa Filho, 1206 - Casa 210
Itanhangá - Rio de Janeiro, RJ - 22753-053 - Brasil

(21) 4042.8363(11) 3280.2468