Nino Carvalho – Consultor e Professor

As tendências de Relações com Investidores na Era Digital

27 de setembro de 2010

No início do mês fui convidado para falar a um grande grupo imobiliário do Brasil, com sólido foco em empreendimentos voltados para o segmento de varejo. Eles estavam interessados em saber como potencializar sua área de Relações com Investidores (RI) utilizando as ferramentas online. Foi um excelente desafio, pois ainda não tinha tido a oportunidade de parar para estudar como empresas estão aproveitando a internet para estreitar laços com acionistas e outros stakeholders-chave relacionados à RI, ou mesmo captar novos públicos investidores.

A grande surpresa foi que das dezenas de organizações que analisei e dos muitos exemplos que vi, li, naveguei, talvez um ou outro escaparam da categoria “não fazem nada de relevante no meio digital“. Honestamente foi uma baita surpresa, já que a área de RI (por motivos óbvios!) é super importante para a sobrivivência da empresa. Os principais trechos da palestra estão abaixo.


Bem, a maior parte dos casos estudados simplesmente migraram o que já faziam em suas estratégias e táticas tradicionais para a internet. Ou seja – informações frias, chatas de se consumir, linguagem pesada e pouco acessível, visão majoritariamente do próprio umbigo (muuuuito autocentradas!) e mensagens exclusivamente sobre números, performance e similares.

Os investidores, no entanto, parecem estar demandando quase que o contrário ao praticado: querem informações mais simples, diretas e convenientes (em formatos gostosos de se consumir, como infográficos, vídeo…). Além disso, é importante comunicar fatos e dados que impactam na marca, ainda que não diretamente nos números! Por exemplo, não vi empresas falando de suas ações de marketing ou do lançamento de novos produtos!

Ora, se eu vou investir em uma empresa, claro que os números são importantes, mas também quero saber mais sobre as ações de responsabilidade social da organização, os planos para os próximos anos, o portfolio de produtos, como ela se relaciona com os diversos públicos de interesse, como ela lida com reclamações ou crises… tudo isso compõe a imagem da empresa na mente dos investidores (ou possíveis investidores) e ajuda a formar o que eu entendo por aquela marca.

:: O que fazer?

Listei algumas dicas genéricas para que sua área de RI tenha mais chances de sucesso no mundo digital. No entanto, recomendo fortemente que você leia as recomendações de aprofundamento no final do post (afinal, não dá pra acreditar em 10 passos mágicos para alcançar o sucesso…):

  • Links fáceis para sua presença social > torne fácil de achar e acessar seus perfis no Twitter, SlideShare, Linkedin etc.
  • Tenha perfis específicos de RI > este é um público especial e com necessidades particulares. Tenha sua presença social bem segmentada (isso também vale para outros stakeholders, como Imprensa, por exemplo).
  • Esteja alinhado com o Departamento Jurídico > é muito importante conversar sobre qual será sua abordagem de RI 2.0 com advogados especializados em direito eletrônico e propriedade intelectual.
  • Interaja > Em nenhum lugar na internet o monólogo e o egocentrismo tem lugar. Com RI é a mesma coisa – dialogue, ouça e se integre à comunidade.
  • Utilize o potencial da multimídia > explore vídeos, podcasts, galerias multimídia, conteúdo em infográficos… seja criativo para facilitar o consumo e o etendimento de sua comunicação.
  • Mobilidade já é realidade > Segundo a Anatel (Julho 2010) há  187 milhões de celulares no Brasil (96% da população). A empresa que ignorar o potencial móvel do país estará fora do mercado em curto prazo.
  • Aproveite o momento 1.0 do mercado! > Grande parte das empresas que estudei (praticamente todas!) está muito atrasada em relação a Relações com Investidores e a internet. A organização que colocar esforços agora sairá na frente e esse pioneirismo certamente será uma sólida vantagem competitiva.

Se quiser se aprofundar no tema, veja os links que separei abaixo e aproveite:

Receba novidades no seu email
Faça uma busca em nosso site
Nino Carvalho Consultoria e Capacitação
Avenida Engenheiro Sousa Filho, 1206 - Casa 210
Itanhangá - Rio de Janeiro, RJ - 22753-053 - Brasil

(21) 4042.8363(11) 3280.2468